A Kid with Cerebral Palsy Wanted to Skateboard, so His Mom Made It Happen

Here’s how you win Mom of the Year . . .

There’s a seven-year-old kid in Brazil with cerebral palsy.  And he kept saying he wished he could skateboard like other kids.

So his mom actually made it happen.  And now the video is blowing up on Twitter.

She got in touch with some guys who run a group called “Skate Nuero” that specializes in exactly what they needed.

They build big, metal frameworks with straps, bungees, and wheels on the bottom.  So kids with disabilities can ride skateboards and get pushed around without falling.

The kid’s mom got her hands on one.  And the footage she posted from a skate park is pretty great.  The smile on his face at the end basically says it all.

The guys who built it also threw a big event, so other kids in the area could have a chance to try it out.  

View this post on Instagram

tá chovendo aqui em curitiba e vou me fazer de louca e postar esse #tbt atrasado de um outro dia chuvoso. meu filho tem 7 anos. é um menino cheio de vontades, desejos, sonhos. e um deles foi, por muito tempo, andar de skate. acontece que ele tem paralisia cerebral desde que sofreu um AVC, com 1 ano e 8 meses. e para as crianças que tem paralisia cerebral, ou qualquer outro tipo de deficiência, ter desejos e sonhos não é permitido. o mundo tá sempre nos dizendo que não. não devemos, não conseguimos, não vai dar certo, não tem adaptação. não pertencemos. por muito tempo tentei suprir esse sonho do joão com outros recursos, bike, andador, skate elétrico de dupla comigo – não recomendo para pessoas que, como eu, são capazes de tropeçar no próprio pé. nada adiantou. até que eu conheci o @skate_anima . um projeto tocado por dois caras incríveis @danielpaniagua_ e @stevan_pinto que não conseguiram ficar parados diante do sonho de uma outra jovem com paralisia cerebral. ela queria o mesmo que o joão: andar de skate. e esses caras ficaram inquietos pensando o quão absurdo essa estrutura que faz com que crianças e jovens não possam sonhar, não importa quem sejam. os dois amam skate, e acharam mais que justo que todas as crianças pudessem ter a chance de amar também: a liberdade, o vendo no rosto, a adrenalina. acharam um jeito de fazer o impossível mais possível, e de lá pra cá realizaram os sonhos de muita gente, encontrando várias adaptações possíveis para pessoas com diferentes deficiências viverem a experiência. esse andador que o joão usa, em específico, foi criado por @ricardoporva do @espaco.vivairis , ele é skatista e pai atípico, e teve essa ideia para que sua filha com ame pudesse andar com ele. uma rede de coragem e afeto. ontem o vídeo da primeira vez que o joão andou foi parar em uma plataforma importante internacional de skate, e assim a gente vai transformando o que é normal, o que pertence, quem pertence, e o que é possível. e a auto-estima de um carinha que tá todo orgulhoso por aqui. obrigada @skate_anima por tanto, sempre. vocês merecem o mundo. @berrics thank you for taking my lion for a ride. nesse #tbt o dia que andamos na chuva mesmo.

A post shared by avante ⚡️ (@avanteleaozinho) on

 

Be the first to comment

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.